Macadâmia Eco Gourmet

Hoje venho falar sobre o Macadâmia, um dos restaurantes que eu mais amo em Porto Alegre. 🙂

Ele fica na Av. Benno Mentz, 366, bairro Vila Ipiranga. É simples de chegar até lá e fácil de encontrar lugar tranquilo para estacionar na rua da frente ou da lateral do restaurante.

O ambiente é super agradável, colorido, bem iluminado e confortável. Existem mesas na rua, na seção onde fica o caixa, na seção do buffet e também na parte de trás do restaurante.

Todos os pratos do buffet não possuem nenhum ingrediente de origem animal. A comida é ótima, bem temperada e bem variada. A parte salgada do buffet conta com saladas (a de maionese é maravilhosa!), pratos comuns como arroz e feijão (o feijão também é incrível!) e também uma boa variedade de pratos diferenciados.

Eles disponibilizam sobremesa já servida em porção individual e algumas frutas.

Como já falei lá em cima eu amo ir no Macadâmia, é um dos meus restaurantes preferidos. O único problema é que quando vou lá eu como absurdamente demais. Dá vontade de passar o resto do dia só deitada fazendo a digestão. 😛

Assim como comentei sobre o Vê, também acho que as sobremesas do Macadâmia estão aquém da capacidade do restaurante e das delicias doces existentes no mundo vegano. Já fazia um tempo que eu não ia e notei agora umas opções diferentes de doces, aparentemente estão tentando novas alternativas então acredito que deva melhorar em breve.

Outro ponto de melhoria que também citei sobre o Vê são os sucos. No macadâmia o problema se repete. Antes eles tinham um suco incrível de frutas vermelhas (mirtilo, amora, morango…), mas em um certo dia fui lá e este suco tinha se transformado completamente e o suco de frutas vermelhas tinha passado a ser feito com melancia e morango. Fiquei muito chateada, eu simplesmente amava o suco anterior. 🙁 Na última vez que fui lá até achei uma opção mais gostosinha o mix de frutas sem banana, mas infelizmente não se compara com o antigo de frutas vermelhas além de vir menos do que antes.

Entretanto o buffet salgado é tão maravilhoso que mesmo se não tivesse nenhuma opção de sobremesa ou de suco ainda valeria a pena. 🙂

Já foi no Macadâmia? Conta aqui nos comentários como foi a experiência. 🙂

Vê – Empório e Restaurante Vegano

O Vê é um empório e restaurante vegano de Porto Alegre. Foi o pioneiro, proporcionando à cidade a experiência de um buffet livre completamente vegano! 🙂

Ele fica na Av. Lageado, número 1265 no bairro Petrópolis e fica aberto das de segunda à domingo das 11:30 às 14:30. É possível estacionar na rua do restaurante, ou, se você tiver muita sorte, conseguir uma vaguinha na frente dele.

A primeira vez que fui no Vê parecia um sonho! Quem é vegano sabe como é ir a buffets onívoros e ficar pensando “Por que não é tudo vegano, hein?”. Portanto ir a um restaurante em que todas as opções servidas são veganas é como um sonho realizado. A sensação é indescritível, só quem já foi sabe! hahaha

O restaurante possui um clima agradável, simples e primaveril. A estrutura é de uma casa, então possui várias seções com mesas. Eu gosto de comer sempre na parte interna mais próxima do buffet, mas existem opções de mesas ao ar livre também.

Logo na entrada existe uma parede com algumas informações sobre o funcionamento, valores e cardápio do dia.

Ainda na entrada do restaurante à direita, fica o caixa onde realizamos o pagamento do almoço e também um empório com vários produtinhos veganos. Existem produtos resfriados, não perecíveis e até mesmo livros e camisetas.

Já na seção do buffet, existe uma bancada lateral com saladas e temperos. A variedade de saladas não é enorme, mas ao meu ver é super suficiente. Afinal, ir em buffet vegano para comer salada é um desperdício de estômago! 😛

Já na parte de pratos quentes são muitas as opções. São servidos desde os itens mais simples como arroz e feijão, quanto tortas, hambúrgueres e massas dos mais diversos sabores.

Os sucos ficam dispostos em outra bancada e não estão inclusos no valor do buffet. Você pode pegar um copo e se servir e este valor será contabilizado a parte.

Particularmente eu não sou muito fã dos sucos que já experimentei. Acho que o valor é um pouco elevado pra qualidade deles.

Por fim, existe uma seção com algumas frutas e sobremesas que já ficam dispostas em porções unitárias.

Junto com o suco acho que a seção de sobremesas é outra que tem espaço para melhorias. Já experimentei várias e só gosto de duas, a de amendoim e a de coco. Existem muitos doces veganos incríveis e o restaurante tem um potencial absurdo, então acho que vale investir em uns docinhos melhores e diferentes.

Normalmente eu e meu noivo vamos no Vê bem esporadicamente em algum fim de semana, pois o restaurante é relativamente longe de todos os lugares que costumamos frequentar. E quando vamos, vamos com uma fome e gula absurda. Fato é que nenhum de nós tem maturidade para um buffet livre vegano! Sim, comemos absurdos de sair quase curvados, de precisar passar o resto da tarde só fazendo a digestão! 😛

No meu caso eu não tenho preconceito nenhum pra comida vegana, então quero experimentar um pouquinho de cada coisa. No caso dele, ele gosta de poucas coisas, mas do que ele gosta ele é apaixonado então pega em grande quantidade. Resumindo, acabamos de nos servir agradecendo por ser livre e não a quilo! hahaha

A comida é muito boa e a cada dia são preparados diferentes pratos com as mais diferentes combinações de sabores. Definitivamente quem for de Porto Alegre ou estiver de passagem precisa conhecer o Vê e se deliciar sem moderação!

 

Almoço do Mantra – Telentrega

Porto Alegre é uma cidade que conta com diversas opções de empresas que fornecem refeições veganas. Quase toda semana descubro um empreendimento novo com uma proposta de refeições veganas. Gostaria muito que a cidade onde moro, Gravataí, tivesse tantas opções (ou pelo menos alguma :(). Mas, enquanto não tem nada por aqui estou experimentando o que temos por POA. Tenho uma listinha com tudo que eu pretendo conhecer e nesta lista está o Mantra.

Ainda não fui no Mantra, mas há uns dias atrás consegui me organizar para solicitar o serviço de telentrega deles e vou contar por aqui como foi a experiência.

Incialmente, no turno da manhã, entrei em contato através da página no Facebook deles. Perguntei se eles entregavam na região do meu trabalho, solicitei valores e também perguntei se era possível realizar o pedido por ali mesmo. Me informaram que sim, entregavam aonde eu precisava, mas não me passaram valores e me falaram que os pedidos deveriam ser feitos pelo telefone.

Liguei para lá assim que tive um tempinho, às 11:30. Uma moça simpática me atendeu (a mesma que me atendeu pelo Facebook), me foram solicitados alguns dados meus para um breve cadastro e realizei o pedido. Verifiquei que o almoço custaria R$ 19,50 e a entrega aonde trabalho mais R$ 10,00. Fui informada que as entregas começavam ao meio-dia e que a previsão de chegada era às 12:50.

O Mantra trabalha com refeições veganas e diariamente eles divulgam no Facebook quais itens compõem o almoço servido no dia. No dia que solicitei a entrega este era o cardápio:

Entrada:
Dhal de Feijão Carioca

Prato Principal:
Salada de Folhas Verdes com Vinagrete de Pepino e Tomate
Arroz Cateto Orgânico Integral com Alho Poró, Salsinha e Gersal
Pão de “Queijo” com Tomate Seco
Jardineira de Legumes
Chutney de Mamão

Sobremesa
Tortinha de Maçã com Canela

Às 13h o pedido chegou, entregue de forma bem organizada por um motoboy educado (sim, até isto faz diferença para mim ;)). Infelizmente não sei dizer se chegou quentinho ou não, pois demorei para comer, então quando abri já estava gelado.

Veio uma embalagem com a sobremesa, outra com a salada e outra com o prato principal. O prato principal veio em um recipiente com divisórias, mantendo tudo bem separadinho. Apenas o dhal vazou um pouco, mas o restante veio intacto.

Primeiramente comi a salada. Logo ao abrir veio um aroma incrível! Normalmente saladas vêm bem sem graça, mas não foi este o caso, ela estava definitivamente muito saborosa.

1

Depois parti para o prato principal. Gostei do Dhal, mas como eu gosto muito de sal (sim, eu sei, não deveria), eu senti falta de estar um pouco mais salgado. O arroz estava simples, achei que teria um gostinho um pouquinho mais diferente por conta dos temperos. A jardineira de legumes estava maravilhosa! Com certeza foi o melhor do prato principal. Os legumes estava al dente e bem temperadinhos. Muito bom mesmo! Outro ponto alto do prato foram os pãezinhos de queijo com tomate seco, bem gostosos.

2

A sobremesa veio na medida certa e estava deliciosa. Crocante e docinha.

3

Com certeza pediria novamente. O maior problema, acredito, foi o valor da entrega. Pedi sozinha, então saiu salgado, mas se tiver como dividir o vale bastante a pena. 🙂

O Mantra fica em na Rua Santo Antônio, 372 no bairro Independência em Porto Alegre e o telefone para pedidos é 51 3395 3370.

La Rouge Bistrô

Sexta-feira eu estava com muita vontade de comer em algum lugar vegano legal. Tenho uma listinha de diversos estabelecimentos veganos que quero visitar e na sexta eu e o meu noivo optamos pelo La Rouge Bistrô.
Já fazia um tempo que eu queria conhecer o La Rouge, mas nunca arrumava tempo para ir, pois ele só abria durante o dia. Fiquei super feliz, quando semana passada eles postaram no facebook que estariam voltando para as noites de Porto Alegre.
Chegamos ao local, aproximadamente as 20hs e conseguimos estacionar facilmente na rua. A fachada é bem simples, apenas com uma plaquinha pequena, mas encontramos rápido.
Ao chegarmos fomos recebidos e nos foi solicitado que escolhêssemos a mesa que gostariamos. Haviam três mesinhas no andar de baixo, que dividem espaço com o caixa e a cozinha, e cerca de uma dúzia de mesinhas no andar de cima. Um ambiente aconchegante, com baixa iluminação.

larouge1
Recebemos o cardápio que contava com petiscos, entradas, pratos principais, sobremesas e bebidas. Escolhemos como roteiro da noite: suco integral de maçã, tábua de frios (um petisco que solicitamos como entrada), macarrão com almondegas como prato principal e de sobremesa brownie com sorvete e cheesecake de framboesa.
Rapidamente recebemos o suco. Com um certo tempo de espera chegou a tábua de frios que contava com um delicioso pão integral, 3 pastinhas, cenourinhas, picles, azeitonas, figos e um inexplicável queijo de macadâmia! Tudo ótimo, mas quanto ao queijo não há nem palavras para explicar! Nunca comi um queijo tão bom (sim, estou incluindo todo tipo de queijo, inclusive os com ingredientes de origem animal)!

larouge3
Algum tempo após acabarmos de comer os petiscos, nos foi servido o prato principal. Um bélissimo prato de macarrão com molho vermelho e almondegas. Delicioso!

larouge4
Após finalizarmos o prato principal logo nos trouxeram as sobremesas. O cheesecake era bom, mas com certeza o brownie com o sorvete estava muito melhor. Dívino!
larouge2larouge5Não é um lugar barato, mas vale muito a pena, visto que é 100% vegano, tem um ótimo atendimento, ótimo ambiente e comidas deliciosas. A noite saiu por pouco mais de R$ 137,00, com os petiscos, a bebida, 2 pratos principais e 2 sobremesas.

Fazia tempo que eu não comia tão bem em um restaurante! Experiência ótima, com gostinho de quero mais! Com certeza voltaremos!

O La Rouge Bistrô fica na Av. Mariland, 1587, no bairro Mont’Serrat de Porto Alegre.