Penne ao Molho Pesto de Manjericão com Castanha de Caju

Hoje vou postar por aqui uma receitinha que eu amo e faço eventualmente aqui em casa. Ela é muito rápida e fácil de preparar! É uma versão de molho pesto deliciosa. Espero que gostem. 🙂

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de castanha de caju
  • 1 maço de manjericão
  • 1/2 xícara de azeite de oliva
  • 1 dente de alho grande
  • sal à gosto
  • pimenta à gosto
  • 250 gramas de macarrão tipo penne

dsc_0618

dsc_0610

dsc_0626

dsc_0619

dsc_0629

dsc_0606

O primeiro passo é colocar o macarrão para cozinhar em água com sal.

dsc_0632

Enquanto o macarrão cozinha, é hora de preparar o pesto. Primeiramente, triturando as castanhas, o manjericão e o dente de alho.

dsc_0637

dsc_0639

Depois misturando os ingredientes triturados com o azeite de oliva, o sal e a pimenta.

dsc_0643

Assim que o macarrão estiver al dente, é só escorrer, lavar e misturar com o pesto. Simples assim! 🙂

dsc_0653

Fica delicioso e com um aroma incrível! <3

Molho de manjericão – A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer

Segunda-feira eu postei aqui no blog sobre o livro A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer. Neste mesmo post eu comentei que tinha ficado ansiosa por fazer mais algumas das receitas que estavam nele, uma delas era a do molho de manjericão.

Em agosto eu almocei diversas vezes no restaurante Ubaiá em Florianópolis. E lá eles servem um molho de manjericão delicioso para colocar na salada. Fiquei realmente viciada no molhinho e quando vi que no livro tinha uma receita de molho de manjericão fiquei louca para tentar reproduzir.

A ideia deste post, e de possivelmente próximos que virão no mesmo estilo, é fazer meio que um expectativa x realidade de receitas.

A receita do molho de manjericão está na página 68 do livro. Precisa de apenas 3 ingredientes, e o modo de preparo também é bem simples. Apenas bater os itens no liquidificador.

dsc_0363

Expectativa:

dsc_0362

Realidade:

O molho é realmente delicioso! Coloquei na salada e fiquei com vontade de comer muita salada! 😛 Só é preciso maneirar na quantidade, pois afinal a base dele é azeite de oliva que é bem calórico.

A aparência dele também ficou muito parecida com a da foto e foi extremamente fácil de preparar. Os pontos negativos foram a sujeira (afinal, lavar liquidificador sujo de gordura não é nada legal 🙁 ), e o fato que eu não tinha onde guardar. Não tinha nenhum vidrinho para tempero aqui em casa e a receita rende bastante (mesmo eu tendo feito apenas meia receita) então tive que adaptar um recipiente para armazenar. Mas mesmo com estes empecilhos, valeu a pena e eu com certeza faria novamente! 🙂

dsc_0359