Livro de Receitas | Culinária Vegana – Áine Carlin

Aproveitando o ritmo do post de ontem, vou mostrar mais um livro da minha coleção de receitas, o Culinária Vegana de Áine Carlin. 🙂

Comprei este livro faz um bom tempo e ele tinha ficado no fim da minha pilha de livros. O que acabou acontecendo é que eu sempre pegava um dos primeiros livros da pilha e ele acabou ficando esquecido. Alguns dias atrás quando resolvi dar uma repassada por todos eles tive a grata surpresa de reencontrá-lo.

O livro tem 176 páginas e é pouco menor que uma folha A4.

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

Logo no inicio do livro existem alguns textos escritos pela autora. Uma introdução, a história de como ela se tornou vegana, relatos de sua relação com a comida, informações os benefícios que ela sentiu ao se tornar vegana e também uma lista com os ingredientes que fazem parte da rotina dela e também das receitas que tem no livro.

São apenas seis páginas de texto corrido, mas elas são muito gostosas de ler. A autora parece ser uma pessoa muito querida e ao fim das seis páginas fiquei com vontade de ser amiga dela! haha

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

As receitas estão separadas em 5 seções: “Café da Manhã, Lanches e Muito Mais”, “Prato Principal”, “Ocasiões Especiais”, “Acompanhamentos e Molhos” e “Doces Deleites”.

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

Cada receita tem seu título, rendimento, texto descritivo, lista de ingredientes e modo de preparo. Várias das receitas não tem fotografia para ilustrar, mas as que tem parecem são lindas e parecem ser deliciosas!

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

Livro de Receitas Culinária Vegana de Áine Carlin

A maioria das receitas tem ingredientes fáceis de se encontrar e muitos inclusive que costumamos ter por casa. Algumas receitas tem ingredientes processados que são um pouco mais difíceis de se encontrar por aqui, porém não são muitas as receitas com esta dependência.

O modo de preparo também parece ser bem simples no geral. A maioria das receitas não demanda um grande esforço ou muitas horas para a preparação.

Algo que eu amo neste livro é que por mais que você não tenha como fazer a receita exatamente como o especificado, ele inspira ideias para adaptarmos e mudarmos pratos que já estamos habituados a fazer. Algumas receitas trazem combinações diferentes como repolho com maçã, ou sopa com kiwi. Que eu nunca cogitaria, mas ao ler as receitas, estas me pareceram ideias no minimo interessantes!

Se você quer começar a investir em livros de receitas, este é um bom livro para dar inicio a sua coleção! 🙂

Livro de Receitas | Queijos Veganos – Marie Laforêt

O livro Queijos Veganos da autora Marie Laforêt foi o primeiro a fazer parte da minha humilde coleção de livros de receitas veganas. Eu sempre fui aficionada por queijos. Nunca senti vontade de voltar a comer queijo depois que me tornei vegetariana estrita, porém fiquei muito feliz ao descobrir que existiam opções vegetais, e mais ainda ao descobrir existia um livro só com receitas de queijos veganos! Logo que vi ele a venda já comprei.

O livro tem 72 páginas, capa dura e folhas grossas.

O livro é separado em quatro seções. Uma seção introdutória onde além da própria introdução, existem informações sobre os queijos, ingredientes, textura, fermentação, técnicas e materiais a serem utilizados. Uma seção sobre com clássicos em versão vegana, outra com queijos fermentados e outra com especialidades caseiras.

Cada receita possui uma breve descrição, a lista de ingredientes e o modo de preparo. Algumas receitas também tem modo de servir, informações extras, sugestões e dicas de receita.

A autora além de vegana e apaixonada por culinária, é formada em fotografia. Sendo assim, cada receita é lindamente ilustrada com fotos apetitosas do queijo em questão!

As receitas parecem deliciosas! E as técnicas utilizadas são bem interessantes, diferentes de tudo o que eu costumo preparar no dia a dia.

Exatamente pelo fato de as receitas serem bem elaboradas e diferentes do que estou acostumada, ainda não me aventurei em tentar reproduzir alguma delas. A maioria das receitas demanda um considerável tempo até fazer tudo da forma especificada então precisam ser reproduzidas em um momento de calma, em fins de semana ou feriados. Ainda quero muito explorar as receitas deste livro no futuro, pois de fato parecem divinas! <3

Alguém aí já reproduziu alguma receita do livro? Como ficou? Conta nos comentários! 🙂

Livro | Indispensável – Dunja Gulin

Não uso livros de receita no dia a dia, mas amo ter livros lindos e cheios e opções saborosas para quando quero preparar algo diferente do meu repertório habitual. Tenho vários livros na minha coleção e hoje vou mostrar por aqui mais um deles, o livro Indispensável de Dunja Gulin.

Livro Indispensável

Livro Indispensável

Livro Indispensável

O livro é muito lindo! Capa dura, com folhas grossas e com fotos lindas, coloridas e de muito bom gosto.

Livro Indispensável

O livro está separado em: Introdução, O básico, Café da manhã e brunch, Pratos principais e comidinhas reconfortantes, Antepastos, petiscos e lanches, Saladas, Molhos, Sopas e cozidos, Doces e ao final um índice remissivo.

Na introdução a autora conta um pouco sobre a sua trajetória, seu interesse pela culinária vegana, macrobiótica e crudívora e explica um pouco sobre a proposta do livro.

Ainda no início do livro, no capítulo “O básico” existem dicas para compras essenciais, preparo de alimentos e ainda receitas básicas e bases que serão utilizadas em outras receitas do livro.

Livro Indispensável

Cada receita possui uma curta apresentação, a lista de ingredientes, o passo a passo detalhado e o rendimento.

Livro Indispensável

A estrutura do livro é uma página de receitas e outra com imagens ilustrativas.

Livro Indispensável

Ainda não me aventurei pelas receitas do livro, mas a maioria delas são simples e fazem uso de ingredientes que normalmente se tem em casa. São poucas as receitas que contam com ingredientes muito diferentes e difíceis de encontrar.

O que não gostei no livro é que algumas receitas possuem margarina na lista de ingredientes. O livro é apresentado como um livro de receitas veganas, portanto acredito que o termo margarina tenha sido usado de forma errônea ao se referir a creme vegetal.

O livro é um pouco carinho, cerca de R$ 70,00, mas é uma boa aquisição para quem gosta de ter em casa livros recheados de receitinhas veganas e lindos. 🙂

Livro: Confesso que Comi

Se você costuma ler a Revista Vegetarianos com certeza já viu algum anúncio do livro “Confesso que Comi”. Eu sempre via os anúncios e ficava interessada então quando fui a livraria renovar minha pilha de livros sobre vegetarianismo aproveitei e já coloquei mais este na cesta de compras.

Já fazia um bom tempo que eu havia comprado o livro. Em um primeiro momento li algumas páginas e acabei emprestando para a minha mãe. Quando ela foi ler ela desmarcou onde eu tinha parado então acabei demorando um tempão para tomar coragem de retomar visto que eu precisaria tirar um bom tempo só para descobrir onde recomeçar.

O livro é um relato simples, pessoal, prático e inteligente da autora sobre a sua jornada no estilo de vida vegano. No livro Samira Menezes conta algumas experiências de vida, expõe pensamentos, dados sobre crueldade animal e saúde humana, além de compartilhar até mesmo algumas sugestões culinárias práticas.

A leitura é super fácil e fluida. O livro conta com poucas páginas e pode ser lido em um ou dois dias facilmente.

Em resumo, ler este livro é como ler a carta de uma amiga que está contando sua trajetória ao se tornar vegetariana. Gostaria de ter lido este livro lá em 2007 quando parei de comer carne. Naquele momento em que não tinha ninguém que compartilhasse dos mesmos pensamentos que eu, com certeza este livro me deixaria mais acolhida e me traria mais conforto com a minha decisão.

É uma ótima aquisição pessoal ou presente para quem se tornou vegetariana há pouco tempo!

Não lembro quanto paguei na época, mas atualmente vi que é possível encontrar ele por cerca de R$ 29,00.

Gelatina de Manga com Ágar-Ágar – 50 Doces Veganos

Como prometido, vim aqui mostrar como foi a minha experiência fazendo uma das receitinhas do livro 50 Doces Veganos. 🙂

Estava animada por fazer um docinho e fui procurar no livro algo que eu conseguisse fazer com os ingredientes que eu já tinha em casa.

Após folhear o livro acabei optando pela Gelatina de Manga com Ágar-Ágar. Os ingredientes necessários eram apenas água, manga, limão, açúcar e ágar-ágar. O modo de preparo também era bem simples e prometia ser uma sobremesa bem refrescante para estes dias quentes de primavera.

dsc_0248

Expectativa:

dsc_0253

Realidade:

Eu imaginava uma gelatina durinha, gelada e bem saborosa (visto que foi feita com a própria fruta). Infelizmente a realidade foi bem diferente. 🙁

Eu não coloquei as decorações sugeridas e não coloquei em diferentes potes, de resto fiz tudo igual ao indicado no livro.

Minha gelatina não ficou durinha, ficou bem cremosa. Ficou com gosto de manga velha (sabe quando você corta ela em pedaços e esquece uns dois dias na geladeira?) e o açúcar demerara não se misturou direito, dava para sentir os cristais de açúcar ao comer.

Com certeza acho uma ótima ideia esta gelatina, porém para mim não funcionou seguindo estes ingredientes e modo de preparo. Ficou realmente muito ruim e teve que ir fora! Com certeza não faria novamente.

Alguém já fez e deu certo? Conta aqui! 🙂

dsc_0265

dsc_0267

Livro de Receitas: 50 Doces Veganos

Hoje vou mostrar mais um dos livros de receitas que tenho aqui em casa. Este livro foi elaborado ela Katia Cardoso e, como o título do mesmo já diz, contém 50 receitas de doces veganos. 🙂

dsc_0206

Logo nas primeiras páginas existe uma apresentação da autora e do livro. E, ainda no início do livro existe uma página de conversão de medidas (caseiras para gramas) e uma seção com as instruções de preparo dos leites vegetais que são utilizados posteriormente nas receitas.

dsc_0210

As receitas são separadas nas seguintes seções: “Sugestões para o Café da Manhã”, “Sobremesas Imperdíveis”, “Snacks e Petiscos”, “Delícias sem Glúten” e “Bolos Maravilhosos”.

O livro é lindo e todas as receitas possuem fotos bem elaboradas ilustrando o resultado final.

dsc_0214

As receitas em geral solicitam poucos ingredientes. Entretanto, com base no armário aqui de casa, para a maioria falta um ou outro item diferente do que costumamos ter no dia a dia. Porém, o item que falta não é algo difícil de se conseguir, então basta planejamento para fazer as receitinhas do livro.

O modo de preparo é bem objetivo e claro e sem muitos passos o que facilita bastante a reprodução das receitas.

Além dos ingredientes e do modo de preparo, cada receita ainda tem o tempo de preparo e o rendimento. Algumas das receitas tem ainda dicas extra de preparo, substituição ou armazenamento.

dsc_0216

No fim do livro tem um pequeno glossário de ingredientes e técnicas culinárias e também um índice alfabético das receitas.

dsc_0218

Todas as receitas tem uma pegada mais saudável e integral. Vejo que são ótimas receitas principalmente para pais prepararem suas crianças para variar o cardápio e ainda sim mantê-las com uma alimentação saudável.

Confesso que eu não explorei muito deste livro ainda. Não sou o tipo de pessoa que se aventura muito preparando doces, comprei o livro para ver se mudava isto mas ainda não me animei. Acho que até agora só fiz uma receita deste livro. Vou contar mais sobre ela aqui no blog na sexta-feira. 😉

Livro: Alimentação sem Carne

Semana passada eu finalmente acabei de ler o livre Alimentação sem Carne do Dr. Eric Slywitch. Fazia um bom tempo que eu tinha comprado e já tinha tentado começar a ler várias vezes, mas nunca avançava das primeiras páginas. Agora finalmente parei uns dias para sentar e ler.

dsc_0045

Nas primeiras páginas o livro apresenta informações sobre o vegetarianismo e instruções como planejar corretamente uma dieta vegetariana balanceada. O restante do livro é com capítulos dedicados a nutrientes específicos.
dsc_0053

O livro é bem completo e consta com muitas informações interessantes. Eu já li muito sobre o assunto então grande parte do que estava ali eu já tinha conhecimento, mas ainda sim consegui aprender algumas informações novas.

dsc_0056

Apesar de o livro ser grande sua leitura é bem rápida. Existem muitas páginas com tabelas de dados e ainda ao fim do livro existem algumas páginas com receitas.

dsc_0058

dsc_0068

Gostei do livro, mas não indicaria para pessoas que ainda não são vegetarianas. Acho que ele traz muito conteúdo de uma vez só e pode uma apavorada em quem ainda está pensando em se tornar vegetariano, pois ao ler a pessoa pode ficar pensando que precisa se lembrar e se preocupar demais em todas aquelas informações. E associar isso ao vegetarianismo pode acabar acontecendo, apesar de ser um erro, pois se você ler qualquer livro sobre alimentação com carne vai também se apavorar com tanta informação. Entretanto ninguém ao começar a comer carne lê um livro ou recebe um treinamento sobre o assunto né?

A real é que se você está pensando em ser vegetariano a regra principal é manter uma alimentação com frutas, verduras, legumes, cereais e grãos. Quanto mais colorida e variada melhor. Depois que fizer isso por um mês ou um pouco mais aí sim comece as leituras para aprender a aprimorar a sua alimentação e fazer escolhas mais inteligentes. 😉

Livro: Regras da Comida

Há alguns meses atrás eu estava buscando informações sobre alimentação saudável e comprei vários livros sobre o assunto. Então passei por uma fase de correria em que voltei a comer muitas besteiras e deixei toda aquela leitura de lado. Agora consegui reorganizar um pouco a minha alimentação e estou voltando a ler os livros que eu tinha comprado na época e não tinha lido. Um dos livros que eu peguei para ler esta semana foi o livro Regras da Comida do Michael Pollan.

dsc_0991

Como o próprio título já diz, é um livro de regras para a alimentação. São ao todo 64 regras divididas em 3 partes: “O que devo comer?”, “Que tipo de comida devo comer?” e “Como devo comer?”.

dsc_0010

O livro é objetivo e curto (li em cerca de 1h). Cada página conta com a regra e uma breve explicação da mesma.

dsc_0008

O autor acredita em uma alimentação simples baseada em alimentos não industrializados e as regras basicamente giram em torno deste pensamento.

Algumas regras são interessantes e ficam na mente como “Não é comida se entrou pela janela do seu carro.” (uma referência clara aos fast foods estilo Mc Donalds) ou “Evite produtos alimentares que contenham ingredientes que nenhum ser humano comum teria na dispensa.” (regra que vem bem a calhar quando você se vê passando horas lendo os ingredientes de um biscoito no supermercado sem entender mais da metade do que está escrito).

Existem algumas regras voltadas para o consumo de produtos de origem animal. Produtos os quais o autor não condena o consumo, apenas sugere que seja pequeno e dá instruções do que ele considera o que seria o “uso correto” de tais. Ele afirma que vegetarianos são mais saudáveis e indica que a alimentação deve ser baseada em vegetais, mas não existem regras que restrinjam de laticínios, ovos ou carnes.

dsc_0001

dsc_0998

Em resumo, acredito que é um livro que vale a pena ler, pois é curtinho e tem uma ou outra informação relevante, mas com certeza não vale o investimento monetário. Portanto, se você conhece alguém que o tenha, ou encontrou em alguma biblioteca, cabe tirar uns minutinhos para ler, mas não aconselho como uma boa aquisição literária. 🙁

dsc_0995

Livro: Emagreça sem dúvida – Dr. Eric Slywitch

Quem pesquisa sobre vegetarianismo possivelmente já se deparou com algum material do Dr. Eric Slywitch. Ele é um médico, mestre em Nutrição e especialista em Nutrologia que possui diversas publicações sobre nutrição vegetariana e emagrecimento.

“Emagreça sem dúvida” não foi o primeiro livro dele que eu comprei, mas foi o primeiro que eu li e simplesmente amei! Alimentação é algo vital, portanto é um assunto que todos deveriam ler a respeito e estudar, não apenas quando mudamos a alimentação, como normalmente é o que acontece.

Ler matérias sensacionalistas ou pesquisas aleatórias divulgadas na grande mídia não adianta. Tem que ler livros e mais livros, diferentes autores e de fato aprender sobre o assunto. Se você nunca leu sobre alimentação que tal começar? 🙂

dsc_0795

dsc_0797

Emagreça sem dúvida, apesar de ser voltado ao emagrecimento, é um livro para qualquer tipo de público, não apenas para aqueles que pretendem perder alguns quilinhos. O livro explica como nosso corpo funciona e como podemos melhorar seu funcionamento. Alguns textos são bem técnicos, mas de fácil entendimento. É uma publicação bem didática e de leitura rápida.

Para ter uma ideia de todo o conteúdo abordado, segue a lista dos capítulos:

  • A obesidade e a gordura corporal
  • A inflamação
  • Como o corpo funciona
  • Alimentando o corpo
  • De onde vem a fome
  • Os hormônios
  • Analisando o metabolismo
  • De olho na glicemia
  • Os alimentos e os grupos alimentares
  • Conhecimento nutricional na prática
  • Quem quer emagrecer deve comer mais
  • Chega de dúvida
  • Colocando o corpo em movimento
  • Aprenda a escutar seu corpo
  • Plano alimentar
  • Receitas

dsc_0801

dsc_0800

dsc_0798

É um livro bem completo que, em textos claros e objetivos, explica bastante da nossa fisiologia e traz conhecimento para ser aplicado no dia-a-dia. É impossível ler ele e não mudar alguns hábitos alimentares. Logo quando eu li, cada alimento que eu comia eu ficava imaginando ele já no meu corpo fazendo a sua função. E este conhecimento com certeza auxilia na mudança de hábitos.

Este foi sem dúvida um dos melhores livros que eu já li sobre o assunto. Super indico a leitura! 🙂

Livro de Receitas: A cozinha vegetariana de Astrid Pfeiffer

Minha mãe sempre manteve um caderninho com receitas que ela pegava com alguma amiga, de programas na que passavam na televisão e também com colagens de receitas que vem atrás de produtos. Até hoje aquele caderninho, que eu me lembro de ver desde que me entendo por gente, bem velho, cheio de páginas já soltas e sujas de ingredientes, habita uma das gavetas da cozinha.

Minha vó, por sua vez, além de um caderno em que anota as receitas que ela gosta, ainda coleciona revistinhas de receitas, destas que sempre tem perto dos caixas nos supermercados.

Eu ainda pretendo criar um caderninho cheio de receitas veganas para poder compartilhar com meus futuros filhos também, mas enquanto não o tenho, eu tenho colecionado alguns livros de receitas veganas para poder fazer uma prateleira cheia de sugestões deliciosas para dias de diversão na cozinha.

Não tenho o costume de utilizar livros de receitas no dia-a-dia. Pra mim, receitas de livros são para fins de semana ou para dias especiais. Normalmente algum ingrediente solicitado não tem em casa e precisa ser comprado, leva mais tempo o preparo, pois precisa ficar lendo as instruções. Mas, acho que exatamente pelas boas memórias que tenho com a minha mãe e com a minha vó, eu gosto do fato de tirar um dia pra fazer aquele bolo que tem uma cara gostosa, ou até mesmo fazer várias das receitas em um mesmo fim de semana.

Outra utilidade que eu vejo é aprender. Cada receita diferente feita através do passo a passo sugerido por outra pessoa traz consigo a possibilidade de aprender novas técnicas que podem ser utilizadas nas receitas do dia-a-dia.

Ultimamente tem surgido muitos livros de receita veganos. Cada vez que vou na livraria encontro algo novo e tenho que me segurar para não levar pra casa! Todas estas novas publicações surgindo é algo ótimo, traz visibilidade para o veganismo e mostra o quanto a culinária sem produtos de origem animal é deliciosa e cheia de possibilidades!

Aos poucos vou mostrar por aqui os livros que tenho e comentar um pouquinho sobre eles para que vocês possam conhecer e ver com quais se identificam para comprar para vocês também ou quem sabe dar de presente para alguém. 🙂

O primeiro livro que vou mostrar hoje é o “A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer”. A autora, Astrid Pfeiffer, é uma nutricionista vegetariana desde 2005, que inicialmente começou a elaborar as receitas para uso pessoal, porém seus pacientes a mostraram de que as receitas poderiam beneficiar muitas pessoas então ela consolidou as receitas vegetarianas, saudáveis, naturais e integrais em um livro.

dsc_0214

O livro possui um capítulo introdutório que trata de forma bem concisa sobre a nutrição de pessoas vegetarianas. Possuí também uma tabela com as necessidades diárias de ingestão de nutrientes, algumas dicas para uma alimentação saudável e também sugestões de como utilizar o livro. Ao fim do livro também é apresentado um plano alimentar de 10 dias, com sugestões de como as receitas podem ser consumidas durante este tempo.

As receitas são bem diversificadas e estão divididas em nove seções, são elas: Patês, Sopas, Saladas, Molhos para Saladas, Pratos Principais, Lanches e Sobremesas, Receitas Funcionais, Sucos e Chás.

dsc_0230

Neste livro todas as receitas possuem foto ilustrando o resultado final. Eu amo isto, pois sou dessas que escolhe a receita que vai fazer pela foto! 😛 E todas as fotos são lindas e bem produzidas, dão água na boca!

dsc_0219

dsc_0227

A lista de ingredientes de cada receita é apresentada com medidas caseiras (xícara, colher…) e também em gramas O modo de preparo por sua vez é bem claro e objetivo.

Cada receita ainda traz consigo a informação nutricional, a informação de se contém ou não glúten, o rendimento em porções, sugestão de adaptações de ingredientes e também uma lista dos nutrientes em quais a receita é rica.

dsc_0221 dsc_0224

Os ingredientes utilizados na maioria das receitas são bem simples, na sua maioria, normalmente coisas que se tem em casa no dia-a-dia. O número de ingredientes por receita e também o número de instruções no modo de preparo não costuma ser muito grande. Considero este um dos livros de receita mais simples que tenho em casa!

Aqui em casa já fizemos algumas receitas dele e foi realmente bem simples de seguir as instruções. Inclusive, folheando ele aqui agora vi outras receitas que tenho os ingredientes em casa e já fiquei louca para preparar! 😀

dsc_0226

Já conheciam este livro? Quais livros de receitas vocês indicam? 🙂