Comprando na Loja Cadivéu

Alguns dias atrás fiz mais uma compra pela internet e, conforme prometido, venho aqui contar todos os detalhes para vocês de como foi a experiência! 🙂

Fazem anos que eu morro de curiosidade para testar a linha Bossa Nova da Cadivéu. Li resenhas falando muito bem dos produtos e eles sempre estiveram na minha wishlist, porém acabei nunca comprando.

Ultimamente tenho sentido uma vontade de mudar meu cabelo, mas estou deixando ele crescer e voltar a cor natural. Como mudar e cortar estavam fora de cogitação, pensei em trabalhar um pouco com a textura dele. Ele é bem liso, mas quando está comprido, como está agora, ele as vezes cria algumas ondulações nas pontas e é este efeito que eu pensei em tentar incentivar.  Navegando por grupos veganos vi que os produtos da Cadivéu da linha Bossa Nova que eu tanto queria eram veganos. Mandei mais um e-mail para eles só para ter certeza e então decidi que iria fazer minha compra na loja virtual da marca.

Segue o relatório das compras! 🙂

A Loja Virtual

A Cadivéu Store é muito intuitiva, fácil de usar e tem ótima performance. Não travou em nenhum momento e achei de forma rápida os produtos que eu queria.

Fazer o pedido também foi algo muito rápido, todas as informações ficam agrupadas. O formato é ótimo para entender todas as etapas! Adorei a loja! Nada a reclamar! 🙂

O Processo

13/06: Escolhi os produtos, fiz o cadastro, escolhi pagar em boleto e forma de entrega PAC. Fiz o pedido próximo das 15h e o pagamento próximo das 17h.

  • Prazo para confirmação de pagamento: 3 dias úteis
  • Prazo para entrega: 12 dias úteis

Logo que fiz o pedido, o e-mail com os detalhes do pedido chegou com uma mensagem padrão no cabeçalho super antiga: “Em virtude das Festas de Final de Ano, comunicamos que o nosso período de recesso ocorrerá entre os dias 18/12/2014 a 05/01/2015. Os pedidos serão processados somente após este período.“. Precisam atualizar isto. 😉

14/06: Cedo pela manhã recebi e-mail com a confirmação do pagamento. (2 dias antes do estimado)

16/06: Recebi e-mail informando que o produto foi postado no dia 14/06.

23/06: Entrei em contato com a Cadivéu porque estranhei que por uma semana não houve movimentação na entrega. Desde o dia 16/06 o meu pedido estava em VARGINHA. Sim, achei que meus produtos tinham sido abduzidos. Estava achando que eu ia comprovar a teoria de que veganos atraem seres extraterrestres. 😛

Tentei contato pelo site da marca, porém o formulário deu erro. Felizmente o endereço de e-mail deles está disponível bem visível no rodapé e eu usei ele para enviar minha mensagem. Ainda estava dentro do prazo da entrega, mas eu realmente achei estranho o fato de não haver movimentações.

24/06: Finalmente houve movimentação no pedido. (acho que os extraterrestres estavam me monitorando e quando viram que eu realmente ia dar falta dos produtos decidiram devolver…hahaha)

27/06: Recebi resposta da Cadivéu para o e-mail que eu tinha enviado no dia 23/06. Me responderam que tentaram abrir uma reclamação para os correios, mas não conseguiram porque ainda estava dentro do prazo de entrega.

29/06: Recebi os produtos. (2 dias antes do estimado)

Os produtos vieram dentro de uma caixa de papelão bem fechada e muito bem protegida! Vieram muitos plásticos ocupando todo o espaço vazio da caixa e evitando que os produtos se depreciassem de alguma forma. Veio junto também a nota fiscal.

A única diferença que notei entre os produtos que estavam na loja virtual e os que recebi foi que o Maxi Ondas veio em uma embalagem diferente. Na loja ele tem uma bico comum de spray e uma tampa para fechamento e o que recebi tem um bico diferenciado, maior, de spray e sem tampa. Do mais os produtos chegaram exatamente como eu esperava.

Em um geral, a experiência comprando na Cadivéu Store foi bem positiva!

Assim que eu testar os produtos eu venho fazer resenha deles por aqui! 🙂

Comprando na Loja Nicole Bustamante

Eu sempre fui uma pessoa muito ansiosa e desconfiada demais para comprar online. Sempre fui daquelas pessoas ansiosas, que no momento em que dou o dinheiro quero o produto em mãos. Eu lembro de ir em lojas de móveis com meus pais ansiosa por comprar alguns itens novos para a casa e sair desiludida, pois eles só seriam entregues dias depois. Fora isto, sou desconfiada, sempre acho que algo pode dar muito errado e eu ter que me incomodar. E se tem coisa que eu detesto é me incomodar!

O meu histórico acima me fez evitar ao máximo compras online. Com o veganismo a maioria das opções que temos é através de compras online então estou em um processo de desprendimento de lojas físicas e me aventurando mais em compras online.

Algo que me deixa mais segura é ler relatos de pessoas que já compraram em determinada loja, para que eu tenha alguma referência. Infelizmente não se encontra na internet relatos sobre a grande maioria das lojas. Então, pensando em pessoas que também sente essa falta, pensei em ir fazendo estes relatos aqui no blog para ir criando um banco de informações para quem quiser consultá-las antes de fazer suas compras. 🙂

Hoje vou contar sobre a compra que fiz na loja Nicole Bustamante – Vegan Goods, uma marca que produz camisetas, pins e patchs de forma sustentável e livre de matéria prima de origem animal.

Vamos ao report! 🙂

A Loja Virtual

A loja virtual possui um design bonito e as fotos dos produtos são bem estilosas. Os produtos possuem uma boa descrição e alguns apresentam uma tabela de medidas bem detalhada.

De ponto negativo, achei a loja um pouco lenta. Em algumas vezes me vi parada em telas de status “processando” por um bom período de tempo. Também notei que algumas vezes, mesmo eu estando logada a loja não reconhecia o meu login para exibir meu nome no cabeçalho.

Eu trabalho com teste de software, então normalmente eu sou um imã de bugs e um radar ambulante. Pode ser que você navegue pela loja sem encontrar os problemas que eu mencionei. 😉

O Processo

Dia 31/05: Decidi quais os produtos que eu iria comprar e adicionei eles no carrinho. Fiz um cadastro rápido na loja e prossegui com a continuação do pedido, informando o endereço para entrega e a forma de pagamento. Escolhi pagar pelo Paypal em boleto. Fiz o pedido próximo das 14h e o pagamento próximo das 17h.

  • Data estimada de postagem: 3 dias úteis (06/06 *considerando data de confirmação do pagamento)
  • Data estimada de recebimento: 10 dias úteis (16/06 *considerando data de confirmação do pagamento)

Pedido Loja Nicole Bustamante

Dia 01/06: Recebi a confirmação do pagamento tanto do Paypal, quanto da loja.

Dia 05/06: Recebi um e-mail super cordial da loja, me informando que infelizmente eles não tinham uma das peças no tamanho que eu havia solicitado. Me informaram que eu poderia escolher outro tamanho, escolher outro produto de mesmo valor, ou ter meu dinheiro ressarcido. Respondi optando por outro tamanho e obtive a confirmação da troca no mesmo dia.

Dia 07/06: Recebi a confirmação do envio do produto e o código de rastreio. (1 depois do estimado)

Dia 09/06: Recebi a mercadoria. (7 dias antes do estimado)

Os Produtos

O pedido veio em um envelope de papel pardo. Os produtos vieram dobrados dentro de um saco plástico.

Pedido Recebido Loja Nicole Bustamante

Pedido Recebido Loja Nicole Bustamante

Pedido Recebido Loja Nicole Bustamante

O Top

Produto Loja Nicole Bustamante

O modelo do top é bonito, realmente como mostra na foto. Ótimo para usar a mostra em blusinhas.

Infelizmente, ele não parece ser um top de tamanho M. Eu visto M/40 e meus seios são médios. O top ficou bem grande em mim. Em comparação com os tops que eu tenho em tamanho M, ele me parece ser um G ou até mesmo GG. Por sorte, acredito que com poucos pontos, em casa mesmo eu consigo ajustar ele para usar.

Outro ponto que acho interessante comentar é que o bojo dele não começa na base do top. Eu gosto muito de tops que tenham sustentação na base, porém eu sinto que o bojo neste modelo é serve apenas para proteção do bico do seio. Não indico o uso dele para momentos de maior atividade que seja necessária sustentação. Infelizmente o bojo é costurado internamente, então não tem como ajustar ele para o uso.

A Camiseta

Produto Loja Nicole Bustamante

A camiseta realmente reflete o que eu esperava com base na fotografia. É estampa é linda e cheia de detalhes. Ela ficou um pouquinho grande, mas eu já esperava, visto que optei por pegar um número maior. Ela já tem uma modelagem mais larguinha, então é ótima pra fazer um look mais oversized na parte de cima.

O tecido dela é leve e bem gostosinho. Ela veio com algumas marcas amassadas, mas não me parece ser um tecido que amassa muito fácil. Acho importante apenas ressaltar, que na etiqueta da camiseta fala que ela é 50% poliéster e 50% algodão, e não 100% algodão, como está na descrição da loja. Portanto se você tem alergia a poliéster ou faz questão do algodão é melhor conversar com a marca antes de comprar.

Pedido Recebido Loja Nicole Bustamante

Pedido Recebido Loja Nicole Bustamante Detalhe

Gostaram deste estilo de post? Espero que ajude vocês nas comprinhas online!

Em breve volto para contar sobre outras lojas e também com looks usando as peças compradas. 😉

Feira da Semana

Oi!

O post de hoje é bem curtinho, pois comprei pouquíssimas coisas. Ainda sobraram frutas que eu havia comprado semana passada e tenho vários produtos em casa que estão no fim da validade então comprei poucos itens para não estragar.

Couve manteiga, flores, pimentões, tomates e berinjela

1

Amo salada de couve então na hora de escolher uma verdura para esta semana preferi ela. Comprei tomates para fazer molho e pretendo usar a berinjela para fazer uma lasanha, se eu conseguir tempo para isto, caso contrário vou fazer algum refogado mais rápido mesmo. Os pimentões comprei para utilizar ao preparar algumas receitas do dia a dia e as flores comprei para o meu pai que quer muito experimentar. 🙂

Comprei também um pão integral, mas esqueci de tirar foto. 🙁

Segue os valores:

Couve – R$ 3,00

Pimentão – R$ 1,50 cada

Flores – R$ 2,50

Berinjela – R$ 3,00

Tomates – R$ 8,00

Pão – R$ 9,00

(Compras realizadas na feira agroecológica que acontece nas terças das 11h às 19h na PUCRS em Porto Alegre-RS)

Feira da Semana

Boa tarde!

Feliz ano novo!

O primeiro post de 2016 é com as comprinhas da semana na feira. 🙂

A feirinha que eu costumo frequentar (que acontece às terças na PUCRS) estava de recesso e nas últimas semanas andei comprando poucos vegetais, direto do mercado, e não orgânicos. 🙁

Esta semana a ferinha estava de volta e eu não perdi a oportunidade. Infelizmente, senti que esta semana estava tudo um pouco mais caro. Porém, como o investimento em alimentos orgânicos é investimento em saúde, ainda sim comprei várias coisinhas. Bom, vamos às compras!

2 tipos de pêssego, 2 tipos de ameixa e banana

2

Passei as últimas semanas sem nada de fruta para comer no trabalho. Estava sentindo muita falta! Comprei as ameixas e os pêssegos para comer como lanches mais leves e as bananas para quando eu estiver com mais fome ou no café da manhã.

Mirtilo

5

Gente! Faz tempo que eu estava querendo comprar mirtilos para fazer sucos, smoothies e comer com cereais. Toda vida que eu olhava no mercado estava R$ 19,90 a caixinha! Um absurdo! Ainda paguei caro, R$ 8,50 cada caixa, mas é bem mais barato do que eu estava encontrando, e é orgânico! 🙂

Rúcula, couve e couve manteiga

6

Couve manteiga é vegano? 😛

Já fazia uma semana que lá em casa não tinha NADA de folhas pra salada. Já estava sofrendo por abstinência. :S Infelizmente, por conta do calor, a rúcula chegou bem debilitada em casa, poucas folhas se salvaram… 🙁

Pepino japonês, pepino, vagem e tomate cereja

7

Os pepinos eu comprei para fazer salada. Aliás, não sei fazer nenhuma receita com pepino. Alguém tem alguma para me ensinar? As vagens eu gosto de ter para cozinhar e colocar picadinha no arroz. E os tomates cereja vão virar salada também. 🙂

Repolho roxo e repolho

4

Amo repolho roxo e já faz um tempo que eu estava com saudade de comer o repolho normal, então comprei ambos para fazer salada. Gosto de comprar repolho para salada, pois eles duram mais. Como faço as compras só uma vez por semana, posso comer primeiro as folhas e mais pro fim da semana os repolhos ainda estão bons para comer.

Sal temperado e tempero caseiro

3

Como eu já havia comentado eu ainda tenho um vício por temperos prontos então comecei a comprar estes temperos que eles vendem na feirinha e tenho gostado bastante. Eles não tem os aditivos químicos que os industrializados têm e deixam o sabor da comida até melhor! 🙂

Pão Integral
1

Na feirinha eles também vendem pães. São pães com ingredientes orgânicos, sem aditivos, de fato integrais e com pouquíssimos ingredientes. Tenho deixado para comprar meus pães integrais sempre na feirinha assim não enfrento a dor de cabeça que é sair decifrando rótulos e marcas e ainda contribuo com produtores menores. 🙂

Conforme eu tinha combinado, vou tentar sempre pegar os valores do que comprei. Nesta semana já consegui fazer isto! 🙂

Segue os valores:

Pão Integral – R$ 9,00
Bananas – R$ 2,60
Pêssegos – R$ 9,00 Kg
Ameixas – R$ 8,00 Kg
Sal Temperado – R$ 4,00
Tempero Caseiro – R$ 5,00
Repolho Roxo – R$ 2,50
Repolho – R$ 3,50
Mirtilo – R$ 8,50 a caixa
Couve Manteiga – R$ 3,00
Couve – R$ 3,00
Rúcula – R$ 3,00
Pepino Japonês – R$ 6,00Kg
Pepino – R$ 6,00Kg
Vagem – R$ 10,00Kg
Tomate Cereja – R$ 10,00Kg

Feira da Semana

 

Oi!

Novamente estou vindo aqui compartilhar as minhas comprinhas da semana na feira. 🙂

Bananas, Ameixas, Pessêgos de Polpa Amarela e 3 Pessêgos de Polpa Branca

4

Decidi almoçar apenas vegetais crus na maioria dos dias nesta semana então estimei que ia acabar comendo mais frutas por isto comprei mais frutas do que a semana passada. As bananas principalmente para comer no café da manhã e os demais para sempre que bater fome durante o dia. Infelizmente escolhi mal as ameixas, nenhuma está madura ainda. 🙁

Cenouras, Beterrabas, Abobrinhas e Mini Pepinos

 

3

Comprei estes legumes para levar para o serviço e consumir eles na hora do almoço de forma crua e o que sobrar vou utilizar para fazer comida no fim de semana.

Cenoura é algo que eu sempre uso muito então sempre procuro ter bastante. Coloco picadinha no arroz, cozinho com outros legumes e coloco no macarrão… Yumm!!

Ainda tenho uma mente muito limitada para a beterraba, só costumo consumir ela como salada (crua ou cozida) ou em suco com laranja. Quem souber de receitas fáceis e rápidas com beterraba por favor deixe nos comentários!!  🙂

Salsinha, Cebolinha e Milho Verde

2

Comprei milho, novamente para comer daquela forma simples, cozido na água com sal. Este milho deve estar muito gostoso, pois as lagartas estavam amando devorar as espigas. Tirei 5 lagartinhas das pontas deles. :S (não, eu não matei, agora elas vivem felizes no jardim :D)

Morangos e Amoras

1

Os morangos não duraram nada. Comi todos em questão de 2h após ter comprado! 😀 Já as amoras estavam muito maduras então preferi congelar elas para depois preparar sucos e smoothies. 🙂

Sal Temperado

5 6

Além das frutas, legumes e verduras a feira que eu vou também conta com outros produtos orgânicos. Normalmente eu nem costumo passar por esta parte, mas semana passada eu dei uma olhada e encontrei algumas coisas interessantes com este sal temperado que eu comprei.

Sempre fui muito dependente de temperos industrializados. Eu tenho os temperos naturais, mas não sei muito combinar eles então eventualmente eu costumo apelar para temperos industrializados. Não é novidade que todos os conservantes e aditivos são péssimos para a saúde então eu tenho tentado me livrar deste vicio por estes temperos fazendo substituições.

Achei ótimo este sal temperado, pois é um tempero completo, com uma boa validade (6 meses) e possui apenas ingredientes naturais! Com certeza este temperinho vai me ajudar bastante a conseguir ir diminuindo com os industrializados. 🙂

Feira da Semana

Bom dia! 🙂

O post de hoje é inspirado naqueles vídeos em que youtubers
mostram as comprinhas do mês, mas no meu caso vou mostrar as
comprinhas da semana na feira! hahaha

Vou mostrar o que eu comprei e comentar o que pretendo fazer com
cada item. Esta semana vai ser bem simples, mas conforme eu
conseguir me organizar pretendo passar os também o quanto paguei
em cada item. A idéia é mostrar muito alimento lindo, saudável e
sem crueldade!

Eu costumava comprar meus vegetais toda sexta-feira no mercado
junto com as demais compras, mas cerca de um mês atrás passou a
ter feirinha agroecológica semanalmente bem pertinho do meu
trabalho. O resultado disso é que o meu ranchinho, agora feito nas
terças, passou a ser orgânico e muito mais fresquinho. Ainda
compro alguns vegetais no mercado, mas apenas o que é essencial na
minha casa e não tenho conseguido na feira (como tomate,
cebola…).

Bom, vamos as compras… 🙂

2 pêssegos de polpa branca, 2 pêssegos de polpa amarela, 2 ameixas
e 10 bananas

1
Estas frutas eu comprei para deixar no trabalho e ir comendo durante a semana. Os pêssegos e as ameixas costumo comer lá pelas 10h ou 15h para não chegar com muita fome na próxima refeição. Já as bananas eu gosto de comer no café da manhã picadinha com aveia e leite vegetal.

2 caixinhas de amoras e 2 caixinhas de morangos
2 3

Estas eu lembro o preço, pois são bem carinhas: R$ 5,00 cada. Só comprei pois não consigo resistir a morangos e amoras orgânicos. São tão lindos e suculentos! <3 Se for pensar R$ 20,00 é o preço de um buffet onívoro aqui nas redondezas, então prefiro muito mais investir este valor em frutas fresquinhas. 🙂

2 pepinos, 1 couve chinesa e 1 molho de couve 

4

Comprei apenas vegetais mais resistentes esta semana, pois acredito que só vou parar para fazer salada lá por quinta-feira ou só no fim de semana, e couves e pepinos são uns dos poucos que aguentarão até lá.

4 espigas de milho

5

Milhos para comer da forma mais simples possível: cozidos na água com sal. Yumm!! Cheguei a salivar pensando no futuro deles! 😀

E por esta semana é isto! Comprei pouquinho, pois minha vó foi viajar e me deu todos os vegetais que ela tinha para não estragar. 🙂

O Drama das Primeiras Compras

Vou começar a escrever alguns textos com o propósito para expor a minha opinião e visão sobre alguns assuntos. Já faz um tempo que eu comecei a fazer uma listinha de tudo o que eu acho interessante falar por aqui e agora vou começar a escrever. Sei que alguns textos podem se tornar polêmicos então quero deixar claro que tudo que for escrito é apenas a minha opinião, é o que eu acredito. Ninguém é obrigado a concordar com nada que estiver aqui e eu também posso mudar de ideia sobre alguns temas conforme o passar do tempo e amadurecimento. Não sou formada em psicologia, nutrição, não tenho um “diploma vegano”, nem muito menos sou dona da verdade. Sou alguém, que como a descrição do blog já diz, estou conhecendo o mundo vegano, e vou postar estes textos para, com base nas minhas experiências pessoais, tentar ajudar pessoas que também estão começando no veganismo. Este primeiro texto é sobre o drama que foi para mim fazer compras no inicio e como eu encontrei o equilíbrio.

1
Quando decidi me tornar vegana eu pensei que a partir daquele momento eu nunca mais compraria nada com ingredientes de origem animal nem de marcas que testam em animais. Fiz diversas pesquisas, consultei muitos sites antes de sair para as primeiras compras, achei que estava pronta para fazer tudo certo, mas me enganei.
Quando cheguei no mercado vi que muitos dos produtos/marcas eu tinha anotado não tinha para vender ali. Fui à outros mercados e também não encontrei. Busquei mais informações naquela mesma semana, mas ainda sim tinha itens essenciais para mim que eu não encontrava nas versões citadas.
Não sei explicar muito bem, mas me senti bloqueada, presa, amarrada. Isso emocionalmente, mas que eu sentia quase em um nível quase físico. É estranho, mas aquele bloqueio, de não comprar várias coisas básicas porque eu não tinha uma fonte confiável me informando que era vegano me fez entrar quase em colapso.

2
Passado algum tempo, respirei, pensei e achei a solução que funcionou para mim e espero que ajude quem também está passando por isto que eu passei. Essa frustração por fazer todas as compras perfeitas ainda me acomete as vezes, mas sigo estas dicas que estou passando e consigo então aceitar que eu não tenho como saber tudo e que devo continuar evoluindo sempre. Bom, vamos as dicas para lidar com o drama das primeiras compras!

  • Faça uma lista de produtos veganos. Uma listinha onde você vai anotando tudo que você vai descobrindo por fontes confiáveis de que é vegano. Não entre na neura, não tente fazer um dossiê de uma vez só, vá anotando conforme fores descobrindo. Essa lista pode ser física ou digital, o importante é que esteja sempre na sua bolsa/carteira.
  • Faça uma lista de produtos, marcas e ingredientes que não são veganos. Adicione nesta lista tudo que é empresa que você ir descobrindo que testa em animais, ingredientes que sejam de origem animal e produtos que você saiba que não são veganos.
  • Na hora das compras leve as duas listas para consulta. De preferência por comprar os itens da primeira lista e não compre de jeito nenhum os itens da segunda lista.
  • Os produtos que você precisar comprar e que você não tiver encontrado com base na sua lista de produtos veganos compre dos que não estão na “lista negra”. Para estes produtos sugiro algumas outras dicas:
    • Se você tiver no mercado e tiver como acessar a internet jogue no Google o nome do produto junto com a palavra “vegan” e veja se descobre algo útil sobre ele.
    • Prefira produtos que tenham o mínimo de ingredientes diferentes possível. Quanto menos ingredientes desconhecidos por você, menores as chances de você estar comprando algo não vegano.
    • De preferência para marcas mais desconhecidas e empresas menores. Quanto menor a empresa, menor os riscos dela fazer parte de alguma grande corporação que realiza testes em animais.
  • Para se manter sempre informado e continuar evoluindo no veganismo acesse diariamente algum portal como o Vista-se, selecione alguns blogs veganos que você gosta e acesse eles frequentemente e entre para vários grupos sobre veganismo no Facebook. Nos grupos, sugiro que sempre que surgir postagem de produto industrializado, você acesse os comentários para verificar quais informações as pessoas tem sobre aqueles produtos.
  • Quando fores fazer uma compra programada de algo especifico, pesquise sobre o item e/ou entre em contato com o SAC da empresa.
  • Se você gosta e tem o costume de comprar algum produto de alguma marca busque informações sobre ele em sites confiáveis ou entre em contato com o SAC.

3
Basicamente seguir estas dicas foi esta a solução que eu encontrei para me aceitar vegana e não pirar de vez. Faço o meu melhor e procuro constantemente evoluir.
Espero que o texto tenha ajudado de alguma forma! 🙂