Livro: Regras da Comida

Há alguns meses atrás eu estava buscando informações sobre alimentação saudável e comprei vários livros sobre o assunto. Então passei por uma fase de correria em que voltei a comer muitas besteiras e deixei toda aquela leitura de lado. Agora consegui reorganizar um pouco a minha alimentação e estou voltando a ler os livros que eu tinha comprado na época e não tinha lido. Um dos livros que eu peguei para ler esta semana foi o livro Regras da Comida do Michael Pollan.

dsc_0991

Como o próprio título já diz, é um livro de regras para a alimentação. São ao todo 64 regras divididas em 3 partes: “O que devo comer?”, “Que tipo de comida devo comer?” e “Como devo comer?”.

dsc_0010

O livro é objetivo e curto (li em cerca de 1h). Cada página conta com a regra e uma breve explicação da mesma.

dsc_0008

O autor acredita em uma alimentação simples baseada em alimentos não industrializados e as regras basicamente giram em torno deste pensamento.

Algumas regras são interessantes e ficam na mente como “Não é comida se entrou pela janela do seu carro.” (uma referência clara aos fast foods estilo Mc Donalds) ou “Evite produtos alimentares que contenham ingredientes que nenhum ser humano comum teria na dispensa.” (regra que vem bem a calhar quando você se vê passando horas lendo os ingredientes de um biscoito no supermercado sem entender mais da metade do que está escrito).

Existem algumas regras voltadas para o consumo de produtos de origem animal. Produtos os quais o autor não condena o consumo, apenas sugere que seja pequeno e dá instruções do que ele considera o que seria o “uso correto” de tais. Ele afirma que vegetarianos são mais saudáveis e indica que a alimentação deve ser baseada em vegetais, mas não existem regras que restrinjam de laticínios, ovos ou carnes.

dsc_0001

dsc_0998

Em resumo, acredito que é um livro que vale a pena ler, pois é curtinho e tem uma ou outra informação relevante, mas com certeza não vale o investimento monetário. Portanto, se você conhece alguém que o tenha, ou encontrou em alguma biblioteca, cabe tirar uns minutinhos para ler, mas não aconselho como uma boa aquisição literária. 🙁

dsc_0995

Refeições: Resumo da Semana

Mais um post de resumão das refeições da semana. Como eu comentei no post de sexta-feira, depois de toda aquela comilança do meu aniversário eu estava precisando de uma alimentação um pouco mais saudável então essa semana eu cozinhei mais e comi mais comida de verdade. 🙂

Café da Manhã:

Esta semana fui dormir muito tarde na maioria dos dias, lá pelas 2h da manhã. Então acabava acordando o mais tarde possível, sem tempo para tomar um café da manhã mais elaborado. O café da manhã foi em alguns dias banana, em outros bolo de chocolate e em outros o que tinha sobrado do pão recheado das Ogras Veganas. Já no fim de semana consegui parar para tomar café da manhã com mais calma, na rua pegando um sol com os gatinhos. No sábado comi melancia e no domingo que estava mais friozinho comi mingau com banana.

1cafesdamanha

Lanche da Manhã:

Esta semana não comi nada como lanche da manhã.

Almoço:

A maioria dos almoços desta semana foi sobras das jantas. Exceções foram segunda-feira em que comi o pão recheado das Ogras Veganas, um dia em que eu fiz um estrogonofe de soja e um dia em que eu cozinhei batata para comer com o restante que já tinha pronto.

0almocos

Lanche da Tarde:

Durante a semana o lanche da tarde em alguns dias foi maçã, em outros mamão e em outros bolo de chocolate. No fim de semana não comi nada de lanche, pois eu dormi a tarde. 😀

Café da Tarde:

A maioria dos dias durante a semana eu não tomei café da tarde, em apenas em um dia eu comi dois pedaços de pizza que tinham sobrado do meu aniversário. No fim de semana tomei smoothies.

2cafesdatarde

Janta:

Esta semana eu cozinhei todas as noites. Na segunda-feira eu estava precisando de comida de verdade pra ter um detox de tanto lanche que eu comi no fim de semana então fiz feijão, grão de bico, beterraba, cenoura, arroz e batata. Na terça meus pais queriam fazer uma janta em que todos aqui em casa comessem juntos, o resultado foi o que eu acredito ser a única coisa que todos aqui comem: macarrão com molho vermelho. Na quarta parei para jantar super tarde então fiz uma das coisas mais rápidas de se fazer, macarrão ao alho e óleo. Na quinta-feira estava inspirada e fiz um baita saladão, feijão, legumes refogados, abóbora e batata doce assada, arroz branco e milho. Na sexta-feira fiz salada, arroz, purê e bife de glúten. No sábado teve linguiça Tofurky, arroz com cenoura, saladas e purê de abóbora. No domingo só uma sopinha de abóbora e batata doce assada.

3jantas

Refeições: Resumo da Semana

A ideia deste post é ser um resumão das minhas refeições da semana. Pra mostrar que vegano é gente como qualquer um, tem momentos saudáveis, momentos trash food, momentos de preguiça e de inspiração. 🙂

Café da Manhã:

Estou pecando no café da manhã! Quando eu era criança eu nunca tomava café da manhã, depois que comecei a trabalhar peguei o costume, mas nos últimos dias eu tenho dormido o máximo possível e ido direto trabalhar, sem comer nada para começar o dia. 🙁

Lanche da Manhã:

O lanche da manhã tem sido algo bem rápido: banana! Fruta mais prática não existe! hehe

Almoço:

Não tenho tempo suficiente para fazer almoço então o almoço tem sido em geral sobras. Na segunda feira cozinhei um macarrão, que é algo rápido de fazer e misturei com o resto que tinha de um molho com carne vegetal. Na quinta-feira estava com muita pressa e acabei almoçando só batata frita que o vô tinha feito. Nos outros dias o almoço foi só sobras de comida aquecidas mesmo.

1209-almoco

Lanche da Tarde:

A semana foi super corrida, principalmente durante as tardes. Então, o único dia em que eu fiz um lanche à tarde foi chocolate quente, pois eu estava louca por chocolate! <3

1309-cafe-da-tarde

Café da Tarde:

Esta é outra refeição que eu tenho pulado. Não tomei café da tarde nenhuma vez esta semana.

Janta:

No turno da noite é quando eu tenho mais tempo e quando normalmente estou mais inspirada, então é nessa hora que eu costumo me aventurar na cozinha! 🙂

Na segunda-feira, quando cheguei na cozinha vi que alguém tinha ido na fruteira e comprado vários vegetais, então me inspirei a fazer bastante coisa. Fiz brócolis alho e óleo, cozinhei beterraba e aipim, ralei cenoura, fiz salada de pepino, temperei feijão, arroz branco e também hambúrguer de soja acebolado, que estavam no limite do prazo de validade.

Na terça-feira eu estava louca para comer pizza de frigideira e foi o que eu fiz. Fiz marguerita, com manjericão fresquinho da horta. <3

Na quarta-feira, fiz cachorro quente. Ideia que postei por aqui ontem. 🙂

jantas

Na sexta-feira começaram as COMEmorações do meu aniversário (que foi sábado 😉 ). Ainda esta semana quero postar por aqui tudo o que rolou (e ainda está rolando) de gostosuras. 😀

 

Ogros Veganos

Assim que eu parei de comer derivados de origem animal eu comecei a me sentir um pouco deslocada e até mesmo solitária. Em quase 8 anos sendo ovolactovegetariana eu nunca conheci outro vegetariano, muito menos um vegano. Me senti sozinha nos meus pensamentos, ideologias e alimentação.

Existem diversos sites com informações sobre o veganismo e eu comecei a ver que com certeza existiam mais pessoas que pensavam como eu pensava, e tinham uma filosofia parecida. Eu só precisava encontrá-las! 🙂 E foi nesta busca que encontrei no facebook o grupo Ogros Veganos.
Ogros

 

O Ogros Veganos é um grupo formado por pessoas veganas e simpatizantes. Qualquer um pode enviar uma solicitação para fazer parte do grupo e para se manter basta seguir as regras da moderação.

A idéia é que sejam postadas fotos de “ogrisses”, pratos com muita comida, muito carboidrato, gorduras, junk food… Vale desde aquele prato bem bagunçado até algo mais elaborado e bonitinho. Do hamburguer de grão de bico gourmet ao macarrão com feijão. O que vale é ograr! A única condição é que, obviamente, seja tudo vegano. 😉

Se for algo preparado por você, poste a receita junto com a foto e uma descrição criativa. Depois de postado é só aguardar as curtidas e comentários dos amigos veganos (sim, eles existem! :D)

O grupo atualmente conta com mais de 28 mil pessoas. Pessoas queridas, simpáticas e participativas. Uma comunidade vegana virtual que me ajudou muito no inicio e continua me ajudando. 🙂

 

collage