Ideia de Refeição | Macarrão ao Alho e Óleo

Meu objetivo (e de boa parte das pessoas) é se alimentar de forma mais balanceada e saudável, porém tem dias que estamos na correria, cansados e com vontade de comer algo rápido e gostoso. Para estes dias, minha dica é: macarrão ao alho é óleo. É uma comida extremamente rápida de se preparar, bem gostosinha e mata a fome!

Macarrão ao alho é óleo, além de ser rápido e fácil de ser preparado, é uma ótima opção para quando não existem muitas opções de ingredientes na dispensa. Para fazer bastam apenas quatro ingredientes super básicos: macarrão, alho, óleo e sal.

Macarrão

Não existem regras quanto ao macarrão, pode ser de qualquer tipo. Os meus preferidos para esta preparação são espaguete, parafuso e penne.

Alho

A quantidade de alho vai a seu gosto. Eu gosto de colocar bastante! 😀 Você pode picar ele bem pequeninho ou se estiver com muita pressa apenas fatiar ele, como na foto.

Óleo

Acredito que dê para fazer com a maioria dos óleos vegetais sem grande alteração de sabor. Aqui em casa eu costumo usar azeite de oliva ou óleo de soja mesmo.

Sal

Para temperar basta adicionar sal no cozimento da massa e um pouquinho junto na hora de refogar o alho.

Para a preparação ser a mais rápida possível, coloque a água para ferver enquanto corta o alho, depois de cozinhar a massa é só refogar o alho na própria panela em que a massa foi cozida e misturar o refogado com a massa. 🙂

É uma comida gostosinha e fácil de preparar! 🙂 Eu gosto de comer com molho de pimenta. Outra ótima opção também é salpicar pimenta calabresa e orégano por cima. 🙂

Espero que tenham gostado da dica! Em breve venho com mais ideias de refeições para compartilhar por aqui. 😉

Refeições da Semana #7

Nos últimos posts de Refeições da Semana eu comentei que estava me alimentando mal. Eu estava me enchendo de carboidrato simples e frituras com quase nada de grãos ou saladas. 🙁
Hoje finalmente posso dizer que estou me alimentando bem melhor! Nas últimas semanas tenho conseguido comer refeições mais equilibradas e nutritivas e estou finalmente conseguindo criar um hábito mais saudável para seguir.

Quem acompanha lá no Instagram ou no Facebook já viu tudo por lá, mas para quem perdeu segue aqui um resumão das minhas refeições do dia 22/05 até 28/05. 🙂

Café da Manhã:

Segunda: Panquecas de aveia com calda de morango.
Terça: Leite de amêndoas, cookies de aveia com amêndoas e cacau e banana.
Quarta: Batida de leite de amêndoas com banana e pão francês com pasta de soja com tempero verde.
Quinta: Leite de amêndoas com cacau em pó e açúcar mascavo e torrada de pão francês com pasta de soja com tempero verde.
Sexta: Leite de amêndoas com cacau em pó e açúcar mascavo e pão integral com pasta de amendoim com cacau e com patê de amêndoas com manjericão.
Sábado: Batida de banana com leite de amêndoas e torrada de pão francês com pasta de soja com tempero verde.
Domingo: Leite de amêndoas com cacau em pó e açúcar mascavo e torrada de pão francês com pasta de soja com tempero verde.

Cafés da Manhã Veganos

Almoço:

Segunda: Suco de acerola, arroz branco, purê de abóbora, alface e feijão preto.
Terça: Suco de acerola, hambúrguer de feijão carioca, alface, abóbora assada com alecrim e macarrão com espinafre ao molho branco de amêndoas.
Quarta: Limonada, salada de maionese com macarrão de milho, bolinhos de feijão carioca, brócolis ao alho e azeite de oliva e alface.
Quinta: Água com gás com limão, yakisoba, feijão vermelho e tomate.
Sexta: Limonada, repolho, brócolis ao alho e azeite de oliva, arroz branco e feijão vermelho.
Sábado: Suco de maracujá, cenoura, bolinhos de couve-flor, massa de arroz ao alho e óleo e feijão vermelho.
Domingo: Suco de laranja, cenoura, arroz branco, batata palha, estrogonofe de proteína de soja e beterraba com maionese de soja com limão.

Almoços Veganos

Café da Tarde:

Segunda: Batida de leite de amêndoas com banana e pão de frigideira com almondegas de grãos e nozes, alface, tomate e azeite de oliva.
Terça: Batida de leite de amêndoas com banana e cookies de aveia com amêndoas e cacau.
Quarta: Batida de leite de amêndoas com morango e pão francês com pasta de soja com tempero verde.
Quinta: Batida de leite de amêndoas com morango e torrada de pão francês com pasta de soja com tempero verde.
Sexta: Chocolate quente com leite de amêndoas e torrada de pão integral com pasta de soja com tempero verde.
Sábado: Batida de leite de amêndoas com morango e torrada de pão francês com pasta de soja e tempero verde.
Domingo: Pipoca e cookies de aveia com cacau.

Cafés da Tarde Veganos

Janta:

Segunda: Suco de acerola, macarrão com espinafre ao alho e azeite de oliva, aspargos ao alho e azeite de oliva, hambúrguer de feijão carioca e alface.
Terça: Suco de acerola, abóbora assada com alecrim, rabanete, salada de maionese com macarrão de milho e hambúrguer de feijão carioca.
Quarta: Água com gás com limão, yakisoba, tomate e feijão vermelho.
Quinta: Água com gás com suco de limão, macarrão de espinafre ao alho e azeite de oliva, feijão vermelho, repolho e hambúrguer de beterraba.
Sexta: Suco de maracujá, repolho, feijão vermelho, arroz branco e bolinhos de couve-flor.
Sábado: Suco de maracujá e yakisoba.
Domingo: Limonada, repolho, brócolis e couve-flor refogados com shoyu, aipim e proteína texturizada de soja com molho vermelho.

Jantas Veganas

Lanches:

Não tenho feito nenhum lanchinho, a única exceção foi para sábado que eu estava louca por um doce e comi alguns cookies de aveia com cacau no meio da tarde. 🙂

Ideia | Salada de Macarrão

Uma das perguntas mais recorrentes nos grupos vegetarianos é o que comer que seja rápido e fácil. Para mim, uma das respostas mais óbvias para esta pergunta é: Salada de Macarrão.

Salada de Macarrão é uma opção muito simples e versátil, quando estou com pouco tempo para preparar comida é uma das minhas primeiras opções.

Salada de Macarrão

Como fazer Salada de Macarrão?

O modo de preparo é o mais simples possível, coloca tudo em um pote grande e mistura bem! 🙂 Segue algumas dicas de como montar a salada:

Macarrão

Você pode optar por qualquer tipo de massa, desde parafuso, penne e até mesmo espaguete. Massa de sêmola, de arroz, de milho, colorida, integral…qualquer tipo está valendo! 🙂 Basta preparar o macarrão e reservar para depois misturar com os demais ingredientes.

Salada

Aqui também não tem regra nenhuma! Vale colocar folhas verdes, legumes cozidos, legumes crus, milho… Minha principal dica aqui é que você corte tudo em pedações pequenos/médios, para que seja fácil misturar tudo depois.

Grãos (opcional)

Para deixar sua refeição ainda mais completa é interessante colocar grãos como grão de bico, feijão branco, ervilha.

Cogumelos (opcional)

Incluir cogumelos na salada também é uma ótima opção para deixa-la mais variada e nutritiva.

Temperos

Orégano, pimenta, cominho… adicione todas as ervas (secas ou in natura) e especiarias que você mais gostar!

Molhos

Para deixar o prato suculento é interessante adicionar algo com consistência mais liquida/cremosa que vai ajudar na mistura dos ingredientes e temperos. Você pode colocar suco de limão, azeite de oliva, abacate ou qualquer outro molhinho de sua preferencia.

Salada de Macarrão

É uma opção de refeição nutritiva, rápida, prática, saudável e extremamente versátil. Dependendo dos ingredientes que você tiver para usar no dia, o sabor do prato final será completamente diferente!

É uma ótima opção também para comer fora de casa. Em dias mais frios é possível até manter sem refrigeração por algumas horas e comer na rua mesmo, basta levar um garfinho na bolsa e abrir seu potinho. 🙂

Espero que tenham gostado da dica! Se quiserem mais dicas de refeições para situações específicas peçam aqui nos comentários ou mandem um e-mail que eu volto por aqui para dar mais algumas ideias. 🙂

Refeições da Semana #6

Hoje venho mostrar mais um resumão das minhas refeições durante a semana. Essa semana foi super corrida e eu já comecei ela cansada. A consequência foram refeições rápidas e nada saudáveis. Acho que esta foi uma das semanas que eu pior me alimentei. 🙁

O registro abaixo é da semana do dia 27/03 até 02/04.

Segue o resumão:

Café da Manhã:

De segunda à quinta, meu café da manhã foram bolachinhas salgadas com creme vegetal. Quarta e quinta eu tomei também tomei suco de maracujá. Sexta e Sábado não tomei café da manhã. No domingo o café da manhã foram alguns restos de salgados e doces do Donna Laura.

Lanche da Manhã:

Durante a semana eu só comi lanche pela manhã na terça, onde comi uma banana, e na sexta, onde comi torrada de pão francês com creme vegetal.

Almoço:

Na segunda feira comi arroz com legumes e batata palha. Na terça e na quinta comi a minha trash food favorita (também conhecida como a festa do carboidrato), batata frita, arroz branco e massa com maionese (avisei que era trash 😛 ). Na quarta comi arroz, purê, brócolis e seitan. Na sexta comi arroz com vagem refogada. Sábado o almoço foi no Macadâmia. No domingo eu estava fazendo faxina e acabei pulando o almoço.

Lanche da Tarde:

Nesta semana eu fiz lanche durante a tarde apenas na terça, em que tomei suco de maracujá, na quinta, em que tomei sorvete de chocolate e no domingo em que comi canudinhos recheados com tofu.

Café da Tarde:

Quinta e sábado não tomei café da tarde. Na segunda o café da tarde foi aipim frito. 😛 Na terça e na quarta tomei suco de maracujá. Na sexta comi sorvete de chocolate. No domingo comi macarrão instantâneo, pão e doces Donna Laura (isso foi o resultado de ter pulado o almoço 🙁 ).

Janta:

Na segunda-feira jantei massa com maionese. Na terça sopa de legumes com sorvete de chocolate de sobremesa. Na quarta macarrão instantâneo também com sorvete de sobremesa. Na quinta novamente macarrão instantâneo. Na sexta comi salgados e doces Donna Laura. No sábado jantei À la minuta no B Bauru. No domingo como eu tinha feito um café da tarde super ogro acabei não jantando nada.

Como foram as refeições de vocês nesta semana? Com certeza mais saudáveis que as minhas né? 😛

Veganos vão jantar na minha casa. O que fazer?

O veganismo é um constante aprendizado. Cada dia experimentamos algum alimento novo ou marca nova e também descobrimos o que não consumir, pois tem, de alguma forma, crueldade animal embutida. Para nós, veganos, essa tarefa de descobrimento pode ser um pouco confusa no início. Para quem não é vegano e tem apenas poucos dias ou horas para descobrir como receber um vegano em sua casa, saber o que fazer ou o que não fazer com certeza é algo mais confuso ainda.

A ideia deste post é dar dicas para ajudar quem irá receber amigos ou familiares veganos em sua casa. Espero que ajude, principalmente nesta época de festas de fim de ano que sem aproxima! 🙂

1

Apenas veganos ou veganos e onívoros?

O primeiro passo é saber se você irá receber apenas veganos ou tanto veganos quanto onívoros em sua casa.

Se você está recebendo apenas veganos na sua casa o ideal é que a refeição preparada seja toda vegana. Se você convidou estas pessoas para a sua casa é sinal de que você se importa com elas, preparar uma refeição 100% vegana mostrará isto. Preparar algo que todos possam compartilhar em conjunto é uma forma de garantir uma janta ou almoço agradável e especial.

Se você for receber tanto veganos quanto onívoros em casa garanta que existam opções veganas na refeição.

E os veganos vão preparar carne pra mim quando eu for na casa deles?

Não, não irão. Entretanto, se você é celíaco eles vão preparar algo glúten free. Se você não gosta de berinjela, não te convidarão para comer lasanha de berinjela. Não adicionaram passas no arroz, se você não come. (Lógico, lembre de informar quais são as suas restrições alimentares. Quando uma pessoa afirma ser vegana significa que ela não consome nenhum produto de origem animal nem fabricado por empresas que testam em animais ou realizam algum outro tipo de crueldade.)

Seja para receber veganos ou onívoros. A regra básica é que para receber outra pessoa seja preparado algo que não contenha nada que ela não coma. Não precisa fugir muito do seu contexto. Ninguém morre por passar uma refeição sem comer carne (acredite! 😛 ) e com certeza você, onívoro, come coisas que são veganas naturalmente.

O que preparar?

Acredite ou não, o que você vai preparar é muito menos importante do que o fato de você ter se importado em preparar. Não fique com medo de não saber o que fazer. Se você acabar a noite com um desastre culinário apelando para uma tele entrega, ainda sim o seu amigo vegano terá ficado feliz em saber que você tentou!

Você pode preparar algum prato muito simples como uma macarronada ao molho sugo, por exemplo. Ou ainda se aventurar em alguma receita vegana, exitem milhares delas na internet!

Como você provavelmente não é um expert dos rótulos, como a maioria dos veganos é, opte por receitas que levem o mínimo de ingredientes industrializados possíveis. Comprar frutas, verduras e legumes é uma tarefa mais fácil. Outra forma de não errar nos ingredientes é comprá-los diretamente em empórios e lojinhas veganas.

O que não preparar?

Salada. Sim, isto mesmo. Não entenda mal, uma salada bonita, bem arrumada e temperada é uma maravilha e sim, veganos vão amar! Mas a não ser que o seu amigo seja raw ele não vai muito feliz com apenas salada não. Salada não é prato principal! (veja bem, salada não vegetais) O estômago chora quando escuta um “Vamos fazer lasanha a bolonhesa. Mas e pro vegano? Ah, vai ter salada.” ¬¬ (trauma de anos comendo arroz com alface)

Como preparar?

É importante que a refeição vegana seja preparada sem contato com ingredientes de origem animal. Portanto, nada de usar talheres sujos de carne ou potes e panelas com resquícios de queijo. Churrasqueira e forno compartilhado ao mesmo tempo com carne também não é legal. É questão de respeito. Não custa nada tomar este cuidado.

A maioria dos veganos é desconfiado. Não fique chateado, não é que ele não confie em você, mas ele sabe o quanto ele já cometeu erros é só depois foi descobrir que estava comprando algo de alguma marca que testava em animais por pura falta de conhecimento mesmo. Muitos vão ficar com vergonha de perguntar pra você os detalhes da receita, mas provavelmente estarão com uma pulguinha atrás da orelha. Portanto, demonstre humildade e empatia. Compartilhe com seu amigo a receita que você irá preparar, de que site ou livro você pegou, quais são os ingredientes, quais marcas você comprou.

Se você quer proporcionar um momento bom para os seus amigos veganos, mas não quer se envolver no preparo da comida, que tal convidar o seu amigo vegano para lhe ensinar algum prato para que vocês preparem juntos? É uma ótima opção e com certeza vai render boas memórias.

Outra opção é encomendar algo com algum pequeno empreendedor vegano ou ainda pedir tele entrega de algum lugar vegano na sua cidade. 🙂

2

Espero que tenham gostado das dicas! 🙂

Refeições: Resumo da Semana #4

Segue mais um resumão das minhas refeições na semana (do dia 07 à 13 de novembro). 🙂

Café da Manhã:

Finalmente organizei minhas refeições e estou comendo no café da manhã! 🙂 Durante a semana comi mingau e no fim de semana fiz tapioca no sábado. No domingo acordei já perto da hora do almoço então acabei não comendo nada no café da manhã.

1cafemanha

Lanche da Manhã:

Lanche da manhã eu não comi nenhum dia esta semana. Como o café da manhã foi reforçado não senti necessidade dessa refeição.

Almoço:

Durante a semana e no domingo o almoço foi o resto da janta. Em alguns dias dei uma incrementada, cozinhei batata e macarrão integral para misturar com o que já tinha. No sábado fiz macarrão.

 

3almocos

Lanche da Tarde:

Comi frutas no lanche da tarde todos os dias durante a semana. No fim de semana não fiz essa refeição.

Café da Tarde:

O café da tarde tem sido a minha refeição pré-corrida e na maioria dos dias foi batida de leite de castanha de caju com linhaça e alguma fruta. No fim de semana, como tinha mais tempo fiz panquecas. <3

5cafetarde

Janta:

Como sempre, à noite é quando eu paro para cozinhar. Na segunda-feira fiz uma sopinha, pois estava com um resfriado e queria confort food. Na terça minha mãe comprou legumes pois queria que eu fizesse um yakissoba improvisado para nós. Nos outros dias comi comida bem saudável basicamente legumes, verduras e grãos refogados ou cozidos.

 

6jantas

Neste post eu detalhei tudo o que eu comi no sábado dia 12 caso queiram conferir os detalhes de um dia inteiro. 🙂

Refeições: Resumo da Semana

Mais uma segunda-feira e mais um post por aqui com um resumão das refeições da semana! 🙂

Café da Manhã:

Shame on me, mas continuo não tomando café da manhã. 🙁 Esta semana não tomei café da manhã nenhum dia. Ou eu acordei sem tempo de tomar café da manhã antes de começar a trabalhar ou, no fim de semana, eu acordei já na hora na hora de fazer o almoço.

Lanche da Manhã:

Em alguns dias eu não comi nada no lanche da manhã e nos que comi eu comi bananas.

Almoço:

Durante a semana o almoço foi a janta do dia anterior aquecida. Exceção apenas para segunda-feira,  pois no domingo eu tinha já deixado preparado um almoço diferente para segunda: macarrão com molho de tomate e abobrinha, feijão preto e pepino.

No fim de semana os almoços foram um pouquinho mais elaborados. No sábado fiz para eu e meu noivo comermos, arroz branco, hambúrguer de soja, feijão preto, salada de beterraba, cenoura e couve e também um suco de melancia com limão delicioso.

No domingo saí para votar com meu pai e minha irmã na hora do almoço e voltamos morrendo de fome. Pensamos em fritar batata, mas como eu não consigo me conter em fazer apenas uma comida ainda rolou arroz, feijão, cebola refogada com shoyu, salada de alface e tomate.

almocos
Lanche da Tarde:

Essa semana só teve um dia em que eu fiz lanche a tarde, e neste dia fiz uma batida com banana, cacau em pó e leite de castanha de caju.

lt1Café da Tarde:

Depois do trabalho eu tenho já começado a fazer a janta sem parar para café da tarde. A exceção foi apenas na sexta-feira em que eu esperei meu noivo para fazermos a janta e como eu já estava com fome cedo eu fiz um lanche reforçado com leite de castanha de caju com cacau e sanduíche com queijo vegano, alface e tomate.

ct1
Janta:

Como eu já comentei por aqui, o momento que eu tenho mais tempo e inspiração para cozinhar é na janta.

Na segunda-feira cozinhei brócolis e cenoura no vapor, temperei feijão, grelhei hambúrguer de tofu com espinafre, cozinhei um macarrão, fiz um molhinho de abacate, fiz uma salada de pepino, pimentão e tomate e ainda fiz batata refogada. Na terça refoguei grão de bico, fiz purê de batata e arroz branco. Na quarta fiz apenas um lanchinho (vou postar a receita por aqui em breve 🙂 ). Na quinta cozinhei beterraba, fiz salada de couve, batata refogada, arroz branco e feijão. Na sexta-feira fiz macarrão com molho vermelho e almondegas de soja. No sábado a janta foi exatamente igual ao almoço e o domingo fiz um macarrão com molho branco de castanha de caju.

jantas

Refeições: Resumo da Semana

A ideia deste post é ser um resumão das minhas refeições da semana. Pra mostrar que vegano é gente como qualquer um, tem momentos saudáveis, momentos trash food, momentos de preguiça e de inspiração. 🙂

Café da Manhã:

Estou pecando no café da manhã! Quando eu era criança eu nunca tomava café da manhã, depois que comecei a trabalhar peguei o costume, mas nos últimos dias eu tenho dormido o máximo possível e ido direto trabalhar, sem comer nada para começar o dia. 🙁

Lanche da Manhã:

O lanche da manhã tem sido algo bem rápido: banana! Fruta mais prática não existe! hehe

Almoço:

Não tenho tempo suficiente para fazer almoço então o almoço tem sido em geral sobras. Na segunda feira cozinhei um macarrão, que é algo rápido de fazer e misturei com o resto que tinha de um molho com carne vegetal. Na quinta-feira estava com muita pressa e acabei almoçando só batata frita que o vô tinha feito. Nos outros dias o almoço foi só sobras de comida aquecidas mesmo.

1209-almoco

Lanche da Tarde:

A semana foi super corrida, principalmente durante as tardes. Então, o único dia em que eu fiz um lanche à tarde foi chocolate quente, pois eu estava louca por chocolate! <3

1309-cafe-da-tarde

Café da Tarde:

Esta é outra refeição que eu tenho pulado. Não tomei café da tarde nenhuma vez esta semana.

Janta:

No turno da noite é quando eu tenho mais tempo e quando normalmente estou mais inspirada, então é nessa hora que eu costumo me aventurar na cozinha! 🙂

Na segunda-feira, quando cheguei na cozinha vi que alguém tinha ido na fruteira e comprado vários vegetais, então me inspirei a fazer bastante coisa. Fiz brócolis alho e óleo, cozinhei beterraba e aipim, ralei cenoura, fiz salada de pepino, temperei feijão, arroz branco e também hambúrguer de soja acebolado, que estavam no limite do prazo de validade.

Na terça-feira eu estava louca para comer pizza de frigideira e foi o que eu fiz. Fiz marguerita, com manjericão fresquinho da horta. <3

Na quarta-feira, fiz cachorro quente. Ideia que postei por aqui ontem. 🙂

jantas

Na sexta-feira começaram as COMEmorações do meu aniversário (que foi sábado 😉 ). Ainda esta semana quero postar por aqui tudo o que rolou (e ainda está rolando) de gostosuras. 😀

 

Ideia de Almoço/Janta: Cachorro-Quente

A ideia de hoje é mais para jantas do que almoços. Normalmente o almoço é mais saudável e completo. Já na janta, principalmente na sexta-feira ou no fim de semana, as vezes da aquela vontade de só fazer um lanche bem podrinho e gordo mesmo.

Quando eu parei de comer carne, passei a comer cachorro quase completo, só não colocava a salsicha. Quando eu parei de consumir qualquer produto de origem animal, por um momento tive um lapso pensando “a partir de agora eu só vou comer arroz, feijão e salada”, mas eu estava extremamente errada! Minhas refeições são as mais diversificadas e meu cachorro-quente ficou ainda mais completo, pois descobri opções de salsichas vegetais.

dsc_0404

Cachorro-quente é uma opção de refeição super simples de fazer. Perde-se apenas alguns minutinhos fazendo o molho, que pode já incluir a salsicha picada, cortada em rodelas ou inteiras ou pode ser puro com a opção da salsicha ser preparada apenas em água fervendo.

Se preferir não consumir salsicha vegetal, também é possível utilizar cenouras no lugar ou não colocar nada apenas os demais ingredientes.

Cada lugar do Brasil costuma utilizar ingredientes diferentes no preparo. Em São Paulo eu comi pela primeira vez um cachorro-quente com purê de batatas! :O Por aqui não pode faltar catchup, maionese vegetal, mostarda, milho e ervilha e batata palha. Mas também pode ter temperinho verde, cebola, alface, tomate, molho shoyo, molho de alho, molho de pimenta.

O pão pode ser o francês ou o pão clássico de cachorro-quente. Basta verificar os ingredientes para se certificar de ser vegetariano estrito. 🙂

dsc_0407

Já prepararam cachorro-quente vegano? Quais os ingredientes que não podem faltar no seu lanche?

Almoço na PUCRS – Lancheria do 5

Depois da experiência frustrada com a telentrega da Papa Léguas que relatei ontem, eu sai literalmente sem rumo pelo campus da PUCRS procurando algo para comer. Já não não estava mais com o melhor dos humores, não queria correr o risco de me frustar novamente tentando almoçar, decidi então que iria passar em alguma lancheria, comprar chocolates meio amargo e este seria o meu almoço.
O primeiro estabelecimento no meu caminho foi a Lancheria do 5, e por um acaso do destino me deparei com isto na porta:

1

Eu que já estava sem esperanças consegui me animar. Entrei então e pedi no caixa por um Prato Vegano. Solicitei o pedido no balcão e me sentei para aguardar o preparo.
Cerca de 5 minutos depois foi anunciado que meu pedido estava pronto e fui até o balcão para retirar. A atendente me perguntou se eu queria molho vermelho e batata palha. Aceitei as duas opções e levei o prato para a mesa.

2
O prato vegano veio com arroz branco, feijão preto, bife de soja, molho vermelho, batata palha, salada de alface, tomate e cenoura.

3

Simplismente amei! Um típico PF, porém vegano. A comida é simples e boa, é bem temperada e servida em boa quantidade. Preço bem acessível, acredito inclusive, que é um dos melhores valores da PUCRS por uma refeição completa.
O ambiente também é ótimo. Não é lotado, é um lugar com pouco ruído e consequentemente mais agradável para almoçar do que a maioria dos restaurantes que são grandes e barulhentos.