Livro: Regras da Comida

Há alguns meses atrás eu estava buscando informações sobre alimentação saudável e comprei vários livros sobre o assunto. Então passei por uma fase de correria em que voltei a comer muitas besteiras e deixei toda aquela leitura de lado. Agora consegui reorganizar um pouco a minha alimentação e estou voltando a ler os livros que eu tinha comprado na época e não tinha lido. Um dos livros que eu peguei para ler esta semana foi o livro Regras da Comida do Michael Pollan.

dsc_0991

Como o próprio título já diz, é um livro de regras para a alimentação. São ao todo 64 regras divididas em 3 partes: “O que devo comer?”, “Que tipo de comida devo comer?” e “Como devo comer?”.

dsc_0010

O livro é objetivo e curto (li em cerca de 1h). Cada página conta com a regra e uma breve explicação da mesma.

dsc_0008

O autor acredita em uma alimentação simples baseada em alimentos não industrializados e as regras basicamente giram em torno deste pensamento.

Algumas regras são interessantes e ficam na mente como “Não é comida se entrou pela janela do seu carro.” (uma referência clara aos fast foods estilo Mc Donalds) ou “Evite produtos alimentares que contenham ingredientes que nenhum ser humano comum teria na dispensa.” (regra que vem bem a calhar quando você se vê passando horas lendo os ingredientes de um biscoito no supermercado sem entender mais da metade do que está escrito).

Existem algumas regras voltadas para o consumo de produtos de origem animal. Produtos os quais o autor não condena o consumo, apenas sugere que seja pequeno e dá instruções do que ele considera o que seria o “uso correto” de tais. Ele afirma que vegetarianos são mais saudáveis e indica que a alimentação deve ser baseada em vegetais, mas não existem regras que restrinjam de laticínios, ovos ou carnes.

dsc_0001

dsc_0998

Em resumo, acredito que é um livro que vale a pena ler, pois é curtinho e tem uma ou outra informação relevante, mas com certeza não vale o investimento monetário. Portanto, se você conhece alguém que o tenha, ou encontrou em alguma biblioteca, cabe tirar uns minutinhos para ler, mas não aconselho como uma boa aquisição literária. 🙁

dsc_0995

Deixe uma resposta