Ideia de Almoço/Janta: Cachorro-Quente

A ideia de hoje é mais para jantas do que almoços. Normalmente o almoço é mais saudável e completo. Já na janta, principalmente na sexta-feira ou no fim de semana, as vezes da aquela vontade de só fazer um lanche bem podrinho e gordo mesmo.

Quando eu parei de comer carne, passei a comer cachorro quase completo, só não colocava a salsicha. Quando eu parei de consumir qualquer produto de origem animal, por um momento tive um lapso pensando “a partir de agora eu só vou comer arroz, feijão e salada”, mas eu estava extremamente errada! Minhas refeições são as mais diversificadas e meu cachorro-quente ficou ainda mais completo, pois descobri opções de salsichas vegetais.

dsc_0404

Cachorro-quente é uma opção de refeição super simples de fazer. Perde-se apenas alguns minutinhos fazendo o molho, que pode já incluir a salsicha picada, cortada em rodelas ou inteiras ou pode ser puro com a opção da salsicha ser preparada apenas em água fervendo.

Se preferir não consumir salsicha vegetal, também é possível utilizar cenouras no lugar ou não colocar nada apenas os demais ingredientes.

Cada lugar do Brasil costuma utilizar ingredientes diferentes no preparo. Em São Paulo eu comi pela primeira vez um cachorro-quente com purê de batatas! :O Por aqui não pode faltar catchup, maionese vegetal, mostarda, milho e ervilha e batata palha. Mas também pode ter temperinho verde, cebola, alface, tomate, molho shoyo, molho de alho, molho de pimenta.

O pão pode ser o francês ou o pão clássico de cachorro-quente. Basta verificar os ingredientes para se certificar de ser vegetariano estrito. 🙂

dsc_0407

Já prepararam cachorro-quente vegano? Quais os ingredientes que não podem faltar no seu lanche?

Deixe uma resposta